Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

O PIB em números: gráficos mostram desempenho da economia no 3º tri

Economia recuou 0,1% no trimestre, com quedas bruscas no agronegócio e das exportações

Por Larissa Quintino Atualizado em 2 dez 2021, 12h47 - Publicado em 2 dez 2021, 11h04

Recessão técnica é um termo utilizado por economistas para definir um período em que, por dois trimestres consecutivos, o Produto Interno Bruto de um país fica negativo. O recuo de 0,1% na economia brasileira nos meses de julho a setembro, após a queda já registrada entre abril e junho, colocam o Brasil na chamada recessão técnica. Para além da tecnicidade, o resultado do PIB divulgado nesta quinta-feira, 2, pelo IBGE, mostra que há grandes desafios para a retomada da economia.

O avanço da vacinação e a queda de casos de Covid-19 contribuíram para o aumento de circulação de pessoas e, consequentemente, no resultado dos serviços, que cresceram 1,1%. Porém, nem a alta do maior setor da economia foi suficiente para sustentar o PIB do trimestre. Isso porque dois dos setores que ajudaram na trajetória de recuperação entre o terceiro trimestre do ano passado e o primeiro deste ano, tiveram uma queda brusca. A agropecuária caiu 8% em relação ao mesmo período do trimestre anterior, enquanto as exportações de bens e serviços recuaram 9,8%. 

O Produto Interno Bruto (PIB) é o principal indicador para medir o crescimento da economia de um país. O índice soma todos os bens e serviços finais produzidos em um determinado período de tempo na moeda corrente do local. É importante ver qual o impacto da pandemia e seus desdobramentos para entender o desafio da retomada. Confira, em números, como foi o desempenho no primeiro trimestre de 2021 por setor produtivo, demanda, e sua evolução ao longo dos anos.

Continua após a publicidade

Publicidade