Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Natura confirma que negociações para compra da Avon estão avançadas

Segundo a empresa, a operação seria realizada por troca de ações, espécie de conversão dos papéis de uma empresa para a outra

A fabricante de cosméticos brasileira Natura confirmou ao mercado nesta quarta-feira, 22, que as discussões para a compra de sua rival americana Avon estão avançadas. A operação seria realizada por meio de troca de ações, espécie de conversão dos papéis de uma empresa nos da outra.

Segundo a Natura, “as partes estão atualmente negociando os termos e condições contratuais finais da transação”, mas ainda assim “não há como garantir que uma transação definitiva será anunciada ou ainda os outros termos de qualquer eventual acordo”, comunicou a empresa.

Veja também

O posicionamento da Natura veio depois que uma reportagem do jornal inglês Financial Times informou que as negociações entre as duas empresas tinham sido concluídas. De acordo com a reportagem, a Natura ficaria com 76% do grupo e o restante permaneceria com os acionistas da Avon. Além disso, o anúncio da aquisição ocorreria ainda nesta quarta-feira, segundo o jornal. Os supostos valores envolvidos não foram informados.

Apesar de o assunto já ser comentado nos bastidores há quase um ano, as negociações entre as duas empresas só foram confirmadas pela Natura em março passado. Se concretizada, a compra da Avon deve permitir uma expansão no mercado internacional para a Natura, que já havia adquirido, em 2017, a marca britânica The Body Shop, em acordo firmado com a francesa L’Oreal por 1 bilhão de euros.

Juntas, Natura e Avon têm um valor de mercado de 1,4 bilhão de dólares (5,7 bilhões de reais). Se confirmada, a aquisição estaria sujeita à aprovação de órgãos reguladores e acionistas das duas partes.

Procurada por VEJA, a Avon se posicionou até a publicação desta matéria.