Natura está interessada na compra da Avon, diz jornal

No ano passado, a Natura comprou o controle da marca The Body Shop International, que pertencia ao Grupo L’Oréal.

Por Reuters - 17 set 2018, 19h34

A fabricante brasileira de cosméticos Natura procurou recentemente a Avon sobre uma possível aquisição do negócio, informou nesta segunda-feira o Wall Streel Journal, citando fontes.

Ainda segundo a publicação, a Avon teria recebido outras manifestações de interessados, mas estaria focada na recuperação do negócio.

Procurada, a Natura disse que “não existem negociações em curso sobre possível aquisição da Avon” e que “não comenta rumores, de acordo com sua política de relacionamento com o mercado”.

As vendas da Avon para a região sul da América Latina, que incluem o Brasil, caíram 8% no segundo trimestre, para 516,1 milhões de dólares. O volume representantes que vão de porta em porta vender diretamente os cosméticos e cremes da Avon caíram 4% pelo segundo trimestre consecutivo.

Publicidade

No ano passado, a Natura comprou o controle da marca The Body Shop International, que pertencia ao Grupo L’Oréal. A negociação foi encerrada após a obtenção das aprovações das autoridades de defesa da concorrência no Brasil e nos Estados Unidos, entre outras condições.

Com a The Body Shop, a empresa brasileira pretende internacionalizar sua marca. A The Body Shop tem mais de 3.000 pontos de venda em 66 países. Sua receita líquida foi de 920,8 milhões de euros em 2016.

O setor de cosméticos passa por um momento de ampliação da concentração. Em março, o Boticário anunciou a compra da Vult Cosmética, empresa fundada em 2004 em Mogi das Cruzes (SP). Com essa aquisição, o grupo amplia ainda mais sua participação no setor de cosméticos. Além da rede de lojas O Boticário, o grupo é dono das marcas Eudora, quem disse, berenice?, The Beauty Box e Multi B.

Publicidade