Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Moody’s pode rebaixar rating da Petrobras novamente

Revisão da nota é resultado de preocupação com riscos de liquidez da estatal

Por Da Redação 23 dez 2014, 20h02

A Moody’s colocou nesta terça-feira as notas de crédito da Petrobras em moeda estrangeira e local em revisão para possível rebaixamento. Atualmente, a nota da petroleira é “Baa2”, dentro do patamar de grau de investimento. Conforme a agência de classificação de risco, a revisão do rating é resultado de preocupação com os riscos de liquidez da estatal, que podem aumentar se a companhia não cumprir com a exigência de apresentar de seus resultados trimestrais. Se a empresa cair para o degrau inferior, Baa3, ainda manterá o grau de investimento, mas estará no último patamar dessa classificação.

A Petrobras ainda não divulgou o balanço do terceiro trimestre, que foi adiado duas vezes, em meio a denúncias de corrupção investigadas pela operação Lava Jato. Não há data definida para o anúncio dos números, o que pode complicar ainda mais a situação da petroleira, já que alguns instrumentos de dívida da estatal podem ter o vencimento antecipado.

Leia mais:

MP se nega a dar a Dilma informações sobre ministeriáveis envolvidos no petrolão

Moody’s reduz nota de crédito da Petrobras

Em outubro, a Moody´s rebaixou a nota de crédito da Petrobras em moeda estrangeira de “Baa1” para “Baa2”, citando o alto grau de endividamento da petroleira. No começo deste mês, a mesma agência reduziu a classificação de crédito, medida pelo critério Baseline Credit Assessment (BCA), que mede a gestão da empresa independente da entidade à qual está vinculada, de Baa3 para Ba1.

Continua após a publicidade
Publicidade