Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

MMX espera concluir acordo com Mubadala e Trafigura até dezembro

Segundo comunicado divulgado na sexta-feira, o acordo de renegociação da dívida da empresa já foi executado com credores

A mineradora MMX estima que o acordo com os investidores Mubadala e Trafigura para investimento no Porto Sudeste seja concluído até dezembro, segundo apresentação divulgada no final de sexta-feira.

Segundo a MMX, o acordo de renegociação da dívida da empresa já foi executado com credores. A expectativa da empresa é que o Porto Sudeste entre em operação no terceiro trimestre de 2014, com um primeiro fluxo de caixa de royalties previsto para 2015.

Em meados de outubro, a empresa informou que o empresário Eike Batista cedeu o controle do Porto do Sudeste, o mais importante ativo da MMX, para a trading holandesa Trafigura Beheer e para o fundo soberano de Abu Dhabi, Mubadala, em um acordo de 996 milhões de dólares que tira dívidas de suas mãos e assegura novo investimento no porto.

Pelos termos do acordo, a Trafigura e o Mubadala, o maior credor individual de Eike, terão uma participação de 65% na MMX Porto Sudeste.

Leia mais:

MMX inicia reestruturação com venda do Porto Sudeste

Cade aprova acordo entre MMX, Trafigura e Mubadala sobre Porto Sudeste

A empresa também convocou uma assembleia para 3 de dezembro com o objetivo de modificar os termos dos contratos dos detentores de títulos MMXM11. A intenção é estabelecer novos parâmetros para o pagamento de dividendos, que só serão pagos quando houver um valor de caixa suficiente na Porto Sudeste do Brasil. Anteriormente, o critério considerava lucro bruto da LLX Sudeste.

Leia também:

CCX e MMX anunciam a nova composição do conselho administrativo

MMX, de Eike Batista, conclui venda de ativos no Chile

(com agência Reuters)