Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Micro e pequenas empresas têm inadimplência recorde, diz Serasa

São 4,9 milhões de empresas no vermelho, aumento de 12,5% em relação ao mesmo período do ano passado

O número de micro e pequenas empresas (MPEs) em situação de inadimplência chegou a 4,9 milhões em outubro, segundo estudo da Serasa Experian. É a maior quantidade registrada desde o início do levantamento, em março de 2016.

O total de empresas no vermelho representa um aumento de 12,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Ainda segundo a pesquisa, entre as empresas endividadas, 45,6% são prestadoras de serviços, outras 45,2% são empresas comerciais e 8,8% pertencem as indústrias.

Segundo o economista da Serasa, Luiz Rabi, as empresas do segmento de serviços são as maiores responsáveis pelo resultado negativo, e um fator que explica isso é a grande participação desse setor na economia. “Hoje, dos negócios que surgem no Brasil, quase dois terços são do setor de serviços”, disse à reportagem de VEJA.

Ainda segundo ele, quase 50% das empresas deste segmento estão negativadas. “O Brasil está saindo da recessão este ano, mas a recuperação econômica ainda não chegou no setor de serviços”, afirmou.

É na região Sudeste que se concentra a maior porcentagem de MPEs inadimplentes, são 53,7% do total – os três estados com maior número de empresas negativadas fazem parte dessa região, São Paulo (com 32,5% do total), seguido de Minas Gerais (11,1%) e Rio de Janeiro (8,1%).

As micro e pequenas empresas respondem por 27% do PIB (Produto Interno Bruto), a soma de toda a riqueza produzida no país.