Clique e assine a partir de 9,90/mês

Mercado aumenta projeção para inflação e dólar e diminui para PIB em 2014

Relatório semanal Focus, do BC, piora as estimativas para o ambiente econômico brasileiro

Por Da Redação - 16 mar 2015, 09h25

Ainda sem incorporar a dimensão dos protestos contra o governo Dilma Rousseff de domingo, os economistas já elevaram as expectativas para inflação e dólar ao fim do ano, além de terem piorado a estimativa para o Produto Interno Bruto (PIB). O relatório semanal Focus, que ouviu dezenas de economistas até sexta-feira passada, mostrou uma expectativa média de recuo de 0,78% na atividade econômica brasileira neste ano. Na semana passada, ela estava em queda de 0,66%. Para 2016, a projeção ainda é positiva, de 1,40%, ainda que menor do que na semana anterior (1,30%).

Já para a inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a mediana das estimativas passou de 7,77% para 7,93% para este ano e de 5,51% para 5,60% em 2016.

Os economistas também elevaram sua perspectiva para o dólar no fim do ano, que passa de 2,95% para 3,06%. Para o ano que vem, eles também subiram de 3% para 3,11%.

Leia também:

‘Risco-país’ cresce no Brasil a patamares de 2009

Nova metodologia do IBGE deve evitar PIB negativo em 2014

Indicadores
Indicadores VEJA
Continua após a publicidade
Publicidade