Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Lufthansa anula quase todos os voos por greve dos funcionários

Voos saindo de São Paulo e Rio de Janeiro no domingo foram cancelados. Funcionários reivindicam 5,2% de aumento salarial

Por Da Redação 22 abr 2013, 10h18

A companhia aérea alemã Lufthansa cancelou nesta segunda-feira quase todos os voos por causa de uma greve dos funcionários de terra da empresa, que exigem aumento salarial. A companhia já havia informado no sábado que quase todos os voos previstos para 10 aeroportos seriam interrompidos. No total, são quase 1.800 voos anulados, especialmente em rotas domésticas ou de curta distância dentro da Europa.

Um voo que sairia de São Paulo neste domingo às 16h50, chegando em Munique na manhã desta segunda-feira, e outro voo que sairia de São Paulo às 18h45, com destino a Frankfurt, também foram cancelados. Os passageiros de um voo do Rio de Janeiro para Frankfurt que partiria no domingo à noite também não puderam embarcar.

Em seu principal centro de operações, em Frankfurt, o maior aeroporto alemão e terceiro principal da Europa, estão previstos apenas seis voos dos 50 planejados, enquanto em Munique apenas três dos 17 previstos. “Dos 1.800 voos previstos, vamos efetuar 20 voos de curta e média distância e 12 de longa distância”, afirmou à AFP um porta-voz da Lufthansa.

O sindicato alemão de serviços Verdii pede um aumento salarial de 5,2% por 12 meses para os 33 mil funcionários da Lufthansa, equipes de terra e parte do pessoal de cabine. Mas a empresa propõe reajuste de apenas entre 0,4% e 0,6%, segundo o sindicato.

Leia ainda: Oferta de passagens aéreas cresceu 8,86% em março, informa Abear

Demanda por voos domésticos cresce em março, mas número de assentos diminui

(com agência France-Presse)

Continua após a publicidade

Publicidade