Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lucro do Burger King recua 12,6% no 2º trimestre

De acordo com a companhia, a queda, para 42 milhões de dólares, deve-se a uma despesa maior com juros, decorrente da operação de aquisição da rede

As vendas comparáveis recuaram 5,3% nos EUA e Canadá, mas subiram 6,8% na América Latina e 2,2% na Europa, Oriente Médio e na região Ásia-Pacífico.

A rede de lanchonetes Burger King informou nesta quinta-feira que seu lucro líquido no segundo trimestre recuou 12,6% ante o mesmo período do ano passado, para 42,8 milhões de dólares. O lucro ajustado avançou 4,4%, para 50,3 milhões de dólares. Já a receita caiu 4,3%, para 596,2 milhões de dólares. As margens dos restaurantes avançaram para 12,1%, de 10,7%, com uma queda de 9,2% nas despesas.

As vendas comparáveis recuaram 5,3% nos Estados Unidos e Canadá, mas subiram 6,8% na América Latina e 2,2% na Europa, Oriente Médio e na região Ásia-Pacífico.

Segundo a companhia, a queda no lucro deve-se a uma despesa maior com juros, como resultado de uma dívida decorrente da aquisição da rede pelo fundo 3G Capital Management, dos investidores brasileiros Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira, em setembro do ano passado, por 4 bilhões de dólares.

“Nosso foco continua sendo o crescimento das vendas comparáveis, melhorar a margem dos nossos restaurantes e expandir nossa presença global por meio do desenvolvimento de franquias”, afirma o diretor financeiro Daniel Schwartz.

(com Agência Estado)