Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Lucro da Suzano cai pela metade no 1o tri, a R$71,8 mi

Por Da Redação 10 Maio 2012, 10h27

SÃO PAULO, 10 Mai (Reuters) – A Suzano Papel e Celulose encerrou o primeiro trimestre com lucro líquido de 71,8 milhões de reais, praticamente metade do ganho obtido em igual período do ano passado, de 143,8 milhões, afetada por fatores cambiais e menor receita no período.

O resultado também ficou bem abaixo da média de sete previsões de analistas obtidas pela Reuters, que apontava lucro de 100,8 milhões de reais para a empresa, prejudicado pela valorização do real ante o dólar.

Além do fator cambial, que impactou a receita vinda de exportações, a companhia citou, entre os fatores negativos que afetaram o desempenho, a redução do volume vendido de papel e celulose, decorrente da sazonalidade do negócio de papel, e uma parada não programada.

A Suzano viu a geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) cair 32,6 por cento em um ano, para 238,2 milhões de reais no trimestre passado, com a margem recuando de 33,4 para 23 por cento.

Na comparação anual, as vendas totais cresceram 7 por cento, para 725 mil toneladas. Em relação ao quarto trimestre de 2011, entretanto, houve queda de 20,3 por cento.

Já a produção cedeu 9,2 por cento sobre os últimos três meses do ano passado e teve crescimento de 7 por cento ante o primeiro trimestre de 2011, em 765 mil toneladas.

Com isso, a Suzano apurou receita líquida de 1,037 bilhão de reais, queda de 22,4 por cento sobre o trimestre anterior e de 1,9 por cento ano a ano.

A dívida líquida da companhia, enquanto isso, aumentou em 11,2 por cento em 12 meses, atingindo 5,736 bilhões de reais ao final de março.

(Por Vivian Pereira)

Continua após a publicidade
Publicidade