Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Justiça suspende exigência de CPF regular para receber auxílio de R$ 600

Dificuldade para regularizar o documento tem provocado filas e aglomerações em postos da Receita pelo país

Por Da Redação
15 abr 2020, 22h41

O Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1), acolheu nesta quarta-feira, 15, pedido do governo do Pará e suspendeu a exigência de regularização do CPF para que a pessoa possa receber o auxílio emergencial de R$ 600.

A regularização do CPF era uma das exigências da Receita Federal para receber o pagamento. A decisão vale até o pronunciamento judicial definitivo da turma julgadora, no caso, a 5ª turma do TRF-1. Ainda cabe recurso do governo federal da decisão.

De acordo com o governo do Pará, a busca por regularizar o CPF causou pontos de aglomeração tanto na Região Metropolitana de Belém, quanto nas cidades do interior.

Na decisão, o juiz federal Ilan Presser alegou que a exigência do documento regular vai contra as recomendações das autoridades como o Ministério da Saúde e a Organização Mundial da Saúde: “As aglomerações, com sérios e graves riscos à saúde pública, continuam a se realizar, o que tem o condão de provocar o crescimento exponencial e acelerado da curva epidêmica, para atender à finalidade exigida pelo decreto regulamentar: de que sejam regularizadas as indigitadas pendências alusivas aos CPFs dos beneficiários junto à Receita Federal”, escreveu o magistrado.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.