Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Justiça libera vendas do site Americanas.com no Rio de Janeiro

No entanto, bloqueio de 860 mil reais na conta da empresa foi mantido

Por Da Redação 21 jun 2011, 12h31

A ação do MP do Rio engloba mais de 20 mil queixas de consumidores insatisfeitos com as entregas do site

A Justiça do Rio voltou a permitir as vendas do site Americanas.com em todo o estado do Rio de Janeiro. Em decisão no fim de maio, a desembargadora Helda Lima Meireles, da 15º Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, havia proibido as vendas por meio do site para municípios fluminenses, atendendo a pedido do Ministério Público do Estado, após Ação Civil Pública proposta por promotores contra a B2W, que controla a Americanas.com.

A ação do MP do Rio engloba mais de 20 mil queixas de consumidores insatisfeitos com as entregas do site. Na época da proibição, a desembargadora concordou com o argumento de que a continuidade das vendas aumentaria os atrasos das mercadorias e os prejuízos dos clientes.

Na mesma decisão em que suspende a proibição das vendas, a desembargadora mantém o bloqueio de 860 mil reais nas contas da empresa, referentes ao descumprimento de decisão judicial por 34 dias. O Tribunal de Justiça do Rio informou, por meio de sua assessoria, afirmou que a decisão de suspensão da proibição não impede o andamento do processo, que continua a tramitar.

Além da Americanas.com, o grupo B2W controla as marcas Submarino, Shoptime, Ingresso.com e Blockbuster, com a comercialização de mais de 700 mil itens pela internet em 35 categorias, de eletrodomésticos e viagens a livros e CDs.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade