Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

IRPF: Mais de 608 mil baixaram programa para fazer a declaração

O prazo para envio das declarações vai de 2 de março a 28 de abril

Por Da redação Atualizado em 24 fev 2017, 12h28 - Publicado em 24 fev 2017, 12h23

Mais de 608 mil contribuintes baixaram o programa gerador da declaração do Imposto de Renda de 2017 até as 10h desta sexta-feira (24). O programa está disponível para download desde as 9h de quinta-feira (23).

A Receita Federal esperar receber 28,3 milhões de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física neste ano, um aumento de 1,2% em relação a 2016.

O prazo para envio das declarações vai de 2 de março a 28 de abril. Quem atrasar fica sujeito ao pagamento de multa que varia de 165,74 reais até 20% do imposto devido.

Uma das novidades do programa deste ano é que basta um software para preencher e enviar a declaração de Imposto de Renda. Nos anos anteriores era necessário fazer o download do programa gerador e do Receitanet _este último apenas para transmitir a declaração.

Segundo a Receita, se o programa sofrer alguma atualização não será necessário desinstalá-lo para instalar novamente, como nos anos anteriores. A atualização será feita automaticamente ou no menu “ferramentas – verificar atualizações”.

Neste ano, o programa também passa a pedir que o contribuinte informe e-mail e número de celular. O preenchimento dessas informações, entretanto, não será obrigatório.

Outra mudança é que a partir deste ano passa a ser necessário informar o CPF dos dependentes com 12 anos ou mais. Em 2016, a obrigatoriedade valia para dependentes a partir de 14 anos.

Quem deve declarar

Estão obrigados a declarar os contribuintes que receberam rendimentos tributáveis superiores a 28.559,70 reais em 2016, Também estão obrigados aqueles que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a 40 mil reais.

Continua após a publicidade

Quem obteve, em qualquer mês de 2016, ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeito à incidência do imposto ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias e de futuros também deve entregar a declaração de IR.

No caso da atividade rural, deve declarar o contribuinte que tiver renda bruta superior a 142.798,50 reais; que pretenda compensar prejuízos do ano-calendário 2016 ou posteriores; ou que teve, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a 300 mil reais.

Deduções

Na declaração simplificada, o contribuinte tem direito a uma dedução padrão de 20% da renda tributável. Esse desconto está limitado a 16.754,34 reais _mesmo valor de 2016.

Para contribuintes com despesas dedutíveis acima desse valor vale a pena entregar a declaração completa.

Na completa, os limites de dedução com dependentes e educação permaneceram os mesmos do ano passado. É possível abater 2.275,08 por dependente. Com educação, o limite de dedução é de 3.561,50 por dependente _podem ser abatidos gastos com educação do contribuinte.

Não há limite de valor para deduções com despesas médicas. Podem ser abatidos gastos com consultas médicas, dentistas, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, hospitais, além de exames laboratoriais, entre outros.

Já o limite de abatimento de despesas com empregados domésticos caiu de 1.182,20 reais para 1.093,77 reais.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês