Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

IR 2019: Casais podem optar por declarar separadamente

Casamento não obriga a fazer ajuste de imposto em conjunto; VEJA responde dúvidas em parceria com a Sage Brasil

Por Larissa Quintino 31 mar 2019, 09h00

A Receita Federal reconhece cônjuges como dependentes na hora da declaração do Imposto de Renda. Apesar disso, os casais não são obrigados a entregar apenas um documento com uma das partes como dependente da outra. A recomendação é fazer simulações para ver se declarar junto faz restituir mais dinheiro ou pagar menos imposto ou se duas declarações separadas são mais vantajosas.

Durante o prazo que falta para a entrega do IR 2019, VEJA responde perguntas de leitores em parceria com a consultoria Sage Brasil. Tem alguma dúvida? Acesse o Instagram de VEJA e envie a questão pelos stories. Basta clicar na aba “Imposto de Renda” e mandar sua pergunta.

  • Casei em outubro do ano passado. Tenho minha renda própria. Devo declarar meu imposto conjuntamente? @carollperezz

    O fato de estar casado não obriga o contribuinte a entrega a declaração em conjunto, ou seja, a entrega pode ser feita em separado.

    Somente é considerado declarante em conjunto o cônjuge, companheiro ou dependente cujos rendimentos sujeitos ao ajuste anual estejam sendo oferecidos à tributação na declaração apresentada pelo contribuinte titular. Simule as duas formas de declarar, em conjunto ou em separado, e decida qual a melhor opção.

    Continua após a publicidade
    Publicidade