Clique e assine com 88% de desconto

IGP-M registra deflação, puxado por preços no atacado

Por Da Redação - 27 fev 2012, 09h25

SÃO PAULO, 27 Fev (Reuters) – O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) caiu 0,06 por cento em fevereiro, após alta de 0,25 por cento em janeiro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta segunda-feira.

Dentre os componentes do IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) recuou 0,26 por cento em fevereiro, após queda anterior de 0,07 por cento.

Segundo a FGV, contribuiu para a acentuação da queda de preços no atacado, medida pelo IPA, a variação negativa de 0,16 por cento no item Bens Finais, após alta de 0,11 por cento em janeiro. O subgrupo alimentos in natura teve forte desaceleração da alta de preços, com a variação passando de 6,32 para 2,02 por cento.

O índice do grupo Bens Intermediários manteve em fevereiro a alta de 0,19 por cento verificada em janeiro, enquanto o indicador de Matérias-Primas Brutas teve deflação de 0,95 por cento em fevereiro, após deflação de 0,62 em janeiro.

Publicidade

Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,27 por cento, ante 0,97 por cento em janeiro. Segundo a FGV, a partir da divulgação desta segunda-feira, o IPC passou a ser calculado com base em nova estrutura de cálculo.

A principal mudança em relação à estrutura anterior foi a criação da oitava classe de despesa, Comunicação, que inclui os subitens tarifa de telefone móvel e tarifa de telefone residencial, antes pertencentes ao grupo Habitação. Em fevereiro, o grupo Comunicação registrou alta de 0,18 por cento.

A maior contribuição para a desaceleração do IPC em fevereiro veio do grupo Alimentação, que passou a registrar deflação de 0,05 por cento, ante inflação de 1,47 por cento em janeiro. O item carnes bovinas saiu de uma alta de preços de 0,69 por cento em janeiro para uma deflação de 3,13 por cento neste mês.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) teve alta de 0,42 por cento em fevereiro, depois de ter subido 0,67 por cento em janeiro.

Publicidade

Dois dos três grupos do INCC tiveram aceleração. Em Materiais e Equipamentos, a alta de preços passou de 0,27 por cento em janeiro para 0,32 por cento em fevereiro, enquanto em Serviços a inflação deste mês foi de 0,73 por cento, acima do 0,68 por cento de janeiro.

Em contrapartida, o grupo Mão de Obra desacelerou, de 0,98 por cento em janeiro para 0,43 por cento neste mês.

(Por Hélio Barboza)

Publicidade