Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ibovespa perde força e dólar sobe com visita de Guedes à CCJ da Câmara

Bate-boca entre congressistas e ministro da Economia traz preocupação aos investidores em relação à aprovação da reforma da Previdência

A ida do ministro da Economia, Paulo Guedes, à Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados (CCJ) nesta quarta-feira, 3, causou reações negativas no mercado financeiro. O Ibovespa, o principal índice da bolsa de valores brasileira,  fechou com queda de 0,94%, aos 94.491,48 pontos. Já o dólar, após quatro dias de queda, subiu 0,56%, retornando aos 3,87 reais em seu valor de venda.

No início do pregão, a bolsa operava no azul com notícias positivas sobre as negociações entre os Estados Unidos e a China. O vice-presidente da Câmara de Comércio americana, Myron Brilliant, declarou, ao se referir ao andamento das negociações: “Chegamos ao estágio final”. 

A performance do Ibovespa começou a esfriar quando o horário da audiência pública da CCJ da Câmara se aproximava, segundo Pedro Galdi, analista da Mirae Asset. “A reunião preocupava o mercado.”

Os ruídos causados pela oposição na audiência na Câmara, como um bate-boca entre os congressistas e o ministro da Economia, trazem preocupação aos investidores quanto à aprovação da reforma da Previdência. “Quanto mais atrasa a reforma, mais o Brasil perde”, afirma o analista.

A intolerância da oposição fez com que Paulo Guedes se exaltasse durante a audiência pública, segundo Mario Battistel, gerente de câmbio da Fair Corretora. “Ele está se alterando com os caras que vão votar a reforma lá na frente. Não sabemos o que vai acontecer”, diz Battistel.