Guaraná suspende exportação para adversários do Brasil na Copa

Segundo a empresa, a campanha "Tudo Pela Seleção" é uma forma de apoiar o país durante a competição internacional

Por Redação - Atualizado em 4 maio 2018, 22h34 - Publicado em 4 maio 2018, 16h51

A Ambev vai suspender as exportações do Guaraná Antarctica para os países adversários do Brasil na Copa do Mundo. A restrição vai até o fim de julho e faz parte da campanha ‘tudo pela seleção’.

Segundo a empresa, a medida é uma forma de demonstrar apoio ao país durante a competição internacional. Desde 2002, a marca é patrocinadora oficial da seleção brasileira.

Na fase de grupos, o Brasil enfrenta Suíça, Costa Rica e SérviaAtualmente, o Guaraná está presente em 70% do mercado de refrigerantes no mundo, em mais de 50 países.

“Suspender a exportação do Guaraná é uma forma de mostrar o quanto nos orgulhamos de ser brasileiros. Esse é o jeito Guaraná de torcer”, disse em nota a gerente de marketing de Guaraná, Jaqueline Barsi.

Publicidade

Publicidade