Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Google vai ‘abrigar’ 15 startups em São Paulo

Elas foram selecionadas entre mais de 850 inscritos para receber monitoria e acompanhamento da empresa de tecnologia

O Google anunciou nesta segunda-feira as primeiras startups que farão parte do programa de residentes do Google Campus São Paulo – espaço voltado para empreendedores no bairro do Paraíso, Zona Sul da capital paulista. Ao todo, 15 startups foram selecionadas entre mais de 850 inscritos para receber monitoria e acompanhamento do Google, além de espaço para trabalhar no prédio da empresa.

É a primeira vez que uma das seis sedes do Google Campus no mundo tem um programa de residentes de startups. As selecionadas vêm de Estados como Alagoas, Pernambuco, Minas Gerais, São Paulo, Goiás e Rio de Janeiro. As empresas selecionadas foram: AlugaLogo, Baby&Me, Bliive, Cuponeria, Easycrédito, Idwall, Nama, New Hope Ecotech, ProDeaf, Scicrop, SenseData, Smarttbot, StoryMax, Trakto e Upbeat Games.

A participação no programa é gratuita – ao contrário de outros projetos de incentivo a startups, o Google não cobra aluguel pelo espaço nem recebe participação acionária nas empresas apoiadas.

Leia também:
Previdência do Brasil é a 13ª mais cara entre 86 países
Vendas de imóveis novos na capital paulista caem 25% no semestre

“Queremos selecionar as melhores ideias, e não as melhores que podem pagar para estar no Campus”, explicou o diretor do Google Campus São Paulo, André Barrence, em junho deste ano.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Antonio Soares

    Que belo exemplo da Google.

    Curtir