Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Focus: Após Copom, previsões de PIB sobem, e de inflação caem

Analistas do mercado financeiro estimam PIB maior em 2018 e IPCA mais fraco neste ano e no próximo após corte na Selic feito na última quarta-feira

Por Da redação 26 mar 2018, 09h04

O mercado financeiro elevou a previsão para crescimento da economia brasileira em 2018, de 2,83% para 2,89% segundo o último Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira. A estimativa para o ano que vem permanecem em 3% pela oitava semana consecutiva.

As apostas para a inflação ao fim deste ano baixaram pela sexta semana seguida, indo de 3,63% para 3,57%. Para 2019, houve recuo de 4,20% para 4,10%. As metas para ambos os anos são de 4,50% e 4,25%, respectivamente – há margem de tolerância de 1,5 ponto porcentual nos dois casos.

  • As mudanças nas previsões ocorrem após a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) em fazer na última quarta-feira um novo corte na Selic, que foi de 6,75% a 6,50%. O órgão do BC justificou a decisão devido a um comportamento da inflação mais fraco que o esperado, e sinalizou que fará uma outra redução na taxa básica de juros na próxima reunião, marcada para maio.

    A informação incomodou agentes do mercado, por causa do caráter inesperado. Apesar da indicação pouco comum do BC sobre um possível corte futuro na Selic, os analistas mantêm a expectativa de que a taxa básica de juros chegará ao fim do ano ainda em 6,50%. Para 2019, a aposta é de que suba a 8%.

    Continua após a publicidade
    Publicidade