Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Curso gratuito ensina a quitar dívidas e evitar inadimplência

A aulas ajudam a diagnosticar o problema financeiro, procurar um objetivo a ser atingido, fazer um planejamento e negociar com o credor

Para quem está endividado e tentando evitar a inadimplência, a escola de educação financeira DSOP começou a oferecer um curso online gratuito que ensina a sair do vermelho. As aulas, divididas em três módulos, ajudam a diagnosticar o problema, procurar um objetivo a ser atingido, fazer um planejamento e negociar com o credor.

O endividamento é um problema recorrente na maioria das famílias brasileiras: em dezembro de 2017, 62,2% delas encontravam-se nessa situação, segundo a última Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Foi pensando nisso que Reinaldo Domingos, presidente da DSOP e dono do canal no YouTube Dinheiro à Vista, decidiu criar o curso.

“As pessoas costumam ter dificuldade de entender como sair de uma dívida”, diz. “Por isso, a primeira fase é justamente fazer um diagnóstico da situação, buscar a causa do problema financeiro. É preciso que a pessoa entenda que entre o que ela ganha e o que ela gasta tem de existir um equilíbrio.”

Depois de analisar o problema, o educador financeiro afirma que é preciso envolver a família em torno de um objetivo ou motivação comum. “A família tem de buscar um agente motivador, um sonho a ser alcançado. Às vezes, o sonho é o próprio ato de se livrar das dívidas – às vezes, viajar. Mas, em todos os casos, é sempre bom ter em mente uma meta para usar como motivação e mobilizar todos os membros da família em torno dela.”

Segundo o profissional, a dica é colocar na ponta do lápis tudo o que a família já tem e tudo o que ela ainda deseja ter. Incluir os sonhos e as vontades no orçamento financeiro é parte importante para se planejar e tentar realizar todos os objetivos sem se afundar ainda mais nas dívidas. “É preciso mudar esse conceito de que não devemos considerar nossos sonhos no nosso orçamento financeiro”, afirma.

E, quando o endividado não consegue pagar as contas de jeito nenhum, o melhor a fazer é assumir. “O último passo é negociar com o credor a partir do orçamento financeiro planejado. Às vezes, é o caso de falar ‘devo, não nego, mas vou pagar como puder’. Não adianta deixar as coisas como estão ou fazer um acordo que você sabe que não vai conseguir cumprir”, diz Domingos. “Pior do que não negociar é negociar e não conseguir pagar.”

O curso ministrado pelo especialista tem duração total de 10 horas e traz exercícios ao final de cada um dos três módulos. Ele pode ser acessado gratuitamente por meio de um cadastro. O interessado deve informar nome, profissão, e-mail, cidade e país para receber um e-mail com o cupom promocional que dá acesso à gratuidade das aulas. Depois, é só seguir as instruções para finalizar a inscrição e dar início ao curso.