Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Coty eleva oferta pela Avon para US$ 10,69 bilhões

Agora foram propostos US$ 24,75, 6,5% maior do que os US$ 23,25 oferecidos anteriormente e rejeitados

Por Da Redação 10 Maio 2012, 10h11

A Coty, fabricante de fragrâncias, aumentou em 6,5% sua oferta para adquirir a Avon Produts, para 10,69 bilhões de reais (24,75 dólares po ação). Mas desta vez, a empresa conta com a participação da Berskshire Hathaway, do empresário bilionário Warren Buffett, que integrou o grupo de investidores dispostos a financiar parte do negócio. Anteriormente a Coty havia proposto o preço de 23,25 dólares por ação. A proposta foi feita em carta enviada ao conselho da empresa, pedindo, também, um processo de diligência de três semanas e negociações privadas para acertar a questão.

A Avon terá que dar uma resposta até a próxima segunda-feira ou a oferta será cancelada. Argumentando sobre os benefícios do acordo, a Coty destacou os resultados fracos da Avon no primeiro trimestre deste ano que foram divulgados na semana passada e uma série de rebaixamentos de rating e disse que não pretende esperar a Avon testar um plano de recuperação.

Em abril, a Avon já havia rejeitado uma proposta de 10 bilhões de dólares da própria Coty e contratou Sherilyn S. McCoy (executiva da Jonhson & Johnson) no lugar de Andrea Jung, que renunciou ao cargo em dezembro depois de críticas sobre os fracos resultados, mas continuou atuando como presidente executiva.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade