Clique e assine a partir de 8,90/mês

Contra greve, Doria fecha parceria com apps para funcionários

Prefeito afirmou que os servidores públicos municipais irão ganhar corridas grátis dos aplicativos de carros durante a greve geral na sexta-feira

Por Da redação - Atualizado em 26 abr 2017, 19h14 - Publicado em 26 abr 2017, 18h59

O prefeito de São Paulo, João Doria, afirmou que a prefeitura irá ceder corridas gratuitas aos funcionários municipais por meio de aplicativos de transporte nesta sexta-feira (28), dia em que a greve geral contra as reformas do governo Temer irá atingir várias cidades do país.

“Você, que é servidor público, vai receber uma mensagem indicando o uso de um aplicativo que vai poder utilizar gratuitamente e nada pagará do uso do automóvel”, disse o prefeito em vídeo publicado no Facebook.

De acordo com Doria, o servidor público municipal que permanecer com dúvidas deverá perguntar nesta quinta-feira ao seu superior de que forma deve proceder. O prefeito não especificou, entretanto, como a prefeitura deverá pagar pelo serviço.

Ele afirmou ainda que a greve era injusta com os mais pobres, rechaçou as paralisações e afirmou que o Brasil não é do mundo sindical. “Sexta-feira, dia 28, é dia de trabalho. Só quem não quer trabalhar vai fazer greve”, disse Doria. “Mesmo quem quer se manifestar fora de horário de expediente”, completou.

Na terça-feira, Doria já havia afirmado que descontaria o dia dos salários dos funcionários municipais que participassem da greve contra as reformas do governo Temer.

 

Continua após a publicidade
Publicidade