Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Como começar o ano com o nome limpo; veja passo a passo

Especialistas recomendam que devedores analisem perfil dos débitos e capacidade de pagamento na hora de renegociar pendências

Com a inadimplência atingindo mais de 63 milhões de brasileiros, de acordo com informações do SPC Brasil, começar o ano com o nome limpo é o desejo de muitas pessoas para 2019. O 13º salário é um importante aliado para quitar as dívidas atuais e voltar a ter crédito na praça, mas especialistas alertam é necessário cautela e estratégia para tirar o CPF da lista de devedores.

“O passo mais importante é entender que a situação não é normal, por mais que existam pessoas ao nosso redor com dívidas. Essa amostra não representa uma totalidade, muito menos a realidade. Em seguida, acreditar que você é capaz de virar o jogo, reconhecer suas virtudes e encontrar motivações para traçar um plano e colocá-lo em ação”, estimula Rebeca Toyama, especialista em desenvolvimento humano.

“É importante que o consumidor tenha clareza das suas dívidas e avalie a capacidade de cumprir com um acordo de pagamento. Com isso, é possível buscar o credor e negociar os valores”, alerta Ione Amorim, economista do Idec.

O primeiro passo é fazer um mapeamento dos débitos, quanto a pessoa deve e para quem. Também é importante saber qual o valor inicial do débito e quanto está sendo cobrado de taxas e juros. Assim, fica mais fácil para chegar a uma renegociação. “Em alguns casos, vale a pena trocar uma dívida com taxa mais alta por outra com juros mais baratos”, diz Ione.

Depois, tem que avaliar quanto pode usar para o pagamento da dívida. “O consumidor não pode esquecer que ele terá que arcar com o pagamento do acordo e com as suas despesas mensais, por isso, é fundamental saber exatamente quanto ele tem disponível para pagar essa dívida”, alerta Ione.

É fundamental estabelecer prioridades de pagamento e, sempre que possível, quite primeiro as contas com juros mais elevados.

Depois de realizado o pagamento, a empresa tem 5 dias para tirar o nome do cadastro de inadimplentes. No caso de acordo, a exclusão deve ocorrer após o pagamento da primeira parcela.

Apesar de ser necessário o pagamento da dívida para ficar com o nome limpo, vale destacar que após 5 anos o débito não pode mais constar nos bancos de dados, mas a dívida continua existindo.

Passo a passo de como tirar o nome das listas negras do comércio

Defina o valor total das suas dívidas – fazer um mapeamento dos débitos é fundamental para saber o montante que se deve, mas também para ter uma ideia de juros e o desconto que o credor está dando na negociação

Defina o valor que você pode pagar – com o valor das suas dívidas em mãos é hora de saber a sua capacidade para honrar com o pagamento. Calcule suas despesas mensais e verifique quanto sobrará do seu salário por mês para arcar com as parcelas. Lembrando que nunca é bom comprometer 100% dos rendimentos, já que podem ocorrer imprevistos e te levar a novas dívidas.

Tente renegociar – você já sabe o tamanho da sua dívida e o valor que tem disponível para pagar, agora é hora de procurar o credor. Negocie os valores até chegar no que o seu orçamento permite pagar. Se for usar o 13º para pagamento à vista ou de um montante maior, negocie mais ainda e evite usar todo os seus recursos para quitar valores.

Troque sua dívida por outra com custo menor – juros de cartão de crédito e cheque especial são muito altos, se você tem esse tipo de dívida e tem acesso ao crédito consignado, por exemplo, estude a possibilidade de fazer a troca de débitos.

Priorize a quitação de contas com juros mais altos – contas do dia a dia, como luz, água e aluguéis, devem ser as primeiras a serem pagas, mas se você não tem esse tipo de dívida ou já as negociou, foque nas contas com juros altos.

Hora de sair das listas sujas – Depois de feito o pagamento da dívida as empresas têm 5 dias para tirar o nome do cadastro de inadimplentes. Se a quitação for feita em parcelas, a exclusão após o pagamento da primeira parcela. Lembrando que se houver atraso na negociação, o nome volta para o cadastro.