Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Começa a cúpula europeia marcada por tensão sobre a Grécia

Os líderes da União Europeia iniciaram nesta segunda-feira em Bruxelas sua primeira cúpula de 2012, marcada pela polêmica gerada por um plano alemão de pôr as finanças gregas sob a tutela europeia.

A cúpula dos 27 dirigentes da União Europeia tem como objetivo impulsionar o crescimento e o emprego, além de manter as medidas de austeridade exigidas por Bruxelas.

A reunião foi iniciada por volta das 15h00 (12h00 de Brasília) e deve durar algumas horas. As lideranças europeias prometem adotar um novo pacto orçamentário para reforçar a disciplina comum.

Este texto contempla introduzir uma “regra de ouro” sobre o equilíbrio das contas públicas em todos os países, assim como sanções mais automáticas contra os países com déficit excessivo.

No entanto, havia alguma tensão em torno da proposta alemã apresentada neste fim de semana de colocar a Grécia sob a rígida tutela orçamentária de um comissário europeu.

Esta proposta foi rejeitada não apenas pelos poderes públicos gregos, como também por outros países europeus.

O primeiro-ministro de Luxemburgo, Jean-Claude Juncker, a classificou de “inaceitável” e o chanceler social-democrata austríaco, Werner Faymann, a considerou “irritante” para a Grécia.