Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Chile: PIB cresce 4,1% no 1º trimestre

Embora alta, expansão é a menor desde o terceiro trimestre de 2011. No final do ano passado, país cresceu 5,7%

Por Da Redação 20 Maio 2013, 17h25

Às vésperas de o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgar o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro – que será no próximo dia 29 – o banco central do Chile anunciou nesta segunda-feira que a economia chilena cresceu 4,1% no primeiro trimestre na comparação com o mesmo período do ano passado. Trata-se de uma significativa desaceleração em relação ao último trimestre do ano passado, quando a expansão anual foi de 5,7%, e o menor nível desde o terceiro trimestre de 2011.

Em relação ao quarto trimestre do ano passado, a economia chilena cresceu 0,5% de janeiro a março de 2013. Ainda segundo o BC chileno, o país teve um déficit em conta corrente de 1,69 bilhão de dólares no primeiro trimestre, o que equivale a 2,4% do PIB.

Leia mais:

Prévia do PIB indica crescimento de 1,05% no 1º trimestre

Avanço da ‘prévia do PIB’ ainda não anima os economistas

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês