Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Brasil é o 2º país que mais recebe chamadas telefônicas spam

São cerca de 21 ligações do tipo por mês, que incluem telemarketing e cobradores de dívidas

Por Da redação
Atualizado em 4 jun 2024, 19h12 - Publicado em 13 jul 2017, 15h08

O Brasil ocupa o segundo lugar do ranking de países mais afetados por ligações spam, aquelas gravações que fazem propaganda de produtos e serviços. A média é de 20,7 chamadas telefônicas de spam por mês no país, empatado com os Estados Unidos. Os dados são da pesquisa da Truecaller, aplicativo identificador de chamadas.

Os dois países só perdem para a Índia, com uma média de 22,6 ligações de spam mensais. O levantamento ainda informa que as chamadas spam estão em crescimento no mundo todo.

Quem são os responsáveis por essas chamadas indesejadas? Segundo a pesquisa, as ligações de operadoras representam 33% do total no país. Na maioria das vezes, elas estão oferecendo serviços especiais, como pacotes com ligações ilimitadas. O segundo maior motivo para as chamadas de spam são cobradores de dívidas  (24%) – a Truecaller ainda ressaltou que algumas vezes esse tipo de chamada é fraudulenta.

Outro tipo de ligação comum, de acordo com a pesquisa, são as ‘chamadas de incômodo’ (21%). De acordo com a empresa, essas ligações são mais gerais, mas ainda assim indesejadas e não solicitadas. Elas vão de pegadinhas até a assédio ou falsos sequestros.

As chamadas de telemarketing, para adquirir novos clientes ou vender novos produtos, representam 12% das ligações de spam no Brasil.

Continua após a publicidade

Na Índia, as chamadas indesejadas são, principalmente, de operadores e serviços financeiros. Assim como no Brasil, os operadores oferecem pacotes especiais. “Não soa tão ruim, até você ser bombardeado por eles”, diz a pesquisa.

No período de dois meses, as chamadas de spam cresceram 20% nos Estados Unidos. No país, a maioria dessas ligações são ‘chamadas de incômodo’ e golpes por telefone. Mas a pesquisa ainda evidência que, por conta da cultura de adquirir crédito e pedir empréstimos estudantis, as chamadas de serviços bancários e coletores de débito também são frequentes.

Chile e África do Sul completam o ranking dos cinco países que mais recebem chamadas de spam, com 17.4 e 15 ligações, respectivamente.

Bloqueando chamadas

Para evitar ligações indesejadas, o Procon-SP criou uma ferramenta que bloqueia chamadas de telemarketing e outras empresas de cobrança. Desde 2009, os consumidores podem se cadastrar por meio do site ou pessoalmente nos postos do Poupatempo. As empresas têm até 30 dias para excluir o contato do consumidor de seus cadastros ou seja, após solicitar o bloqueio, o consumidor só receberá a cobertura em 30 dias.

Tanto celulares, quanto telefones fixos se encaixam nas normas do Procon para o bloqueio de chamadas, mas somente o titular da linha pode solicitar o cadastro. Caso queira, o consumidor pode autorizar determinadas empresas a realizar ligações para o seu número com o preenchimento deste documento.

Continua após a publicidade

Apesar disso, o cadastro não evita mensagens de texto das empresas de telemarketing. Se depois de 30 dias, o consumidor continuar a receber ligações, ele pode registrar uma reclamação neste link.

Até agora, são 806.917 consumidores cadastrados no site do Procon. Em junho deste ano, foram registradas 1.602 reclamações de empresas que continuaram a ligar para consumidores com cadastro na ferramenta. No mesmo período do ano passado, foram 749 reclamações.

Opções

O consumidor também pode optar por outros métodos para bloquear chamadas indesejadas. A maioria dos smartphones possui recursos que bloqueiam números de telefone. Basta que ele vá até as chamadas do celular e pressione o número de telefone indesejado – será aberta uma janela com a opção de bloqueio.

Caso o celular não ofereça essa opção, é possível baixar aplicativos que bloqueiam tanto SMS como números de telefone. O Truecaller é uma dessas ferramentas, mas há outros aplicativos para Android, iOS e Windows Phone, como o Bloqueador de Chamadas e o Calls Blacklist.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.