Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bovespa cai 3,66% e atinge menor nível desde julho

Queda foi influenciada pelo anúncio do fraco crescimento econômico chinês e pela explosão de bombas na maratona de Boston

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), registrou queda de 3,66% e chegou aos 52.949,93 pontos nesta segunda-feira. Este foi o menor nível do índice desde 25 de julho do ano passado. O giro financeiro do pregão totalizou 9,96 bilhões de reais.

A queda na bolsa foi influenciada pelo fraco desempenho econômico da China neste trimestre. Nesta segunda-feira, o governo local anunciou que o PIB chinês cresceu 7,7% no primeiro trimestre ante o mesmo período em 2012. Trata-se da menor taxa de crescimento no período em 13 anos. A produção industrial chinesa aumentou 8,9% em março, também aquém das expectativas.

A explosão das bombas na maratona de Boston também impactou o desempenho da bolsa. Devido à falta de informações sobre o atentado na hora do fechamento do pregão, investidores decidiram vender papéis, temendo um novo ataque terrorista.

O crescimento chinês e o atentado em Boston incidiram também sobre os índices de bolsas na Europa e nos Estados Unidos. O Dow Jones, o S&P e o Nasdaq recuaram 1,79%, 2,30% e 2,38%, respectivamente.

Na Bovespa, as ações que tiveram a maior queda foram as da OGX, empresa de Eike Batista voltada para a exploração petrolífera – os títulos da empresa perderam 12,9% em valor. As ações da Vale também registraram baixas significativas, recuando com a queda das commodities metálicas em função do desempenho chinês. As ações ON da siderúrgica caíram 6,13% e as PNA, 6,47%.

As ações da Usiminas caíram 6,28% (PNA) e 6,17% (ON). Na siderurgia, também caíram os papéis da Gerdau (PN, -3,86%), Metalúrgica Gerdau (PN, -2,99%) e CSN (ON, -4,28%).

Leia mais:

China cresce 7,7% e desaponta

Bovespa tem 51º melhor desempenho entre bolsas em 2012

Na Bolsa de Valores, saldo externo é positivo em R$ 1,8 bi no ano passado