Group 21 Copy 4 Created with Sketch.
Ao vivoAmarelas ao Vivo entrevista Geraldo Alckmin, do PSDB

Evento de VEJA também vai ouvir os presidenciáveis Alvaro Dias (Podemos), Marina Silva (Rede) e Henrique Meirelles (MDB). Amoêdo (Novo) foi o 1º sabatinado

Barril do Texas fecha em queda

Nova York, 1 nov (EFE).- O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em dezembro fechou nesta terça-feira em baixa de 1,07%, cotado a US$ 92,19 por barril, influenciado pela decisão da Grécia de submeter a referendo o novo plano de resgate financeiro da zona do euro, que causou nervosismo entre os investidores.

Ao término do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI registravam baixa de US$ 1 em relação ao preço de fechamento anterior.

O preço do Texas se viu pressionado para baixo devido ao inesperado anúncio do primeiro-ministro da Grécia, Giorgos Papandreou, de submeter a consulta popular o acordo europeu que inclui o perdão de 50% da dívida soberana do país, condicionado a medidas de austeridade econômica.

A agência de classificação de risco Fitch afirmou que a iniciativa ameaça a estabilidade financeira da zona do euro. Se o acordo for recusado em referendo, aumentaria o risco de moratória e o descontrole das finanças gregas, bem como a saída da Grécia da zona do euro.

Os contratos de gasolina com vencimento em dezembro fecharam em alta de US$ 0,02, aos US$ 2,62 por galão (3,78 litros), enquanto os de gasóleo para entrega caíram US$ 0,02 e encerraram cotados a US$ 3,03 por galão.

Já os contratos de gás natural para entrega também em dezembro diminuíram US$ 0,15 e ficaram nos US$ 3,78 por cada mil pés cúbicos. EFE

csm/sa