Apple deixará usuário escolher se quer iPhone mais lento, diz CEO

Tim Cook disse que a próxima atualização do iOS terá função que permite desabilitar redução de velocidade no processador conforme bateria envelhece

Por Da redação - 18 jan 2018, 11h16

A Apple vai permitir que os usuários escolham se permitirão que a velocidade dos iPhones seja reduzida ou não conforme a bateria envelhece. A empresa vai liberar em breve uma atualização do sistema operacional (iOS) dos telefones com essa função, disse o CEO da empresa, Tim Cook, em entrevista ao canal ABC News.

A redução da velocidade do processador foi revelada em dezembro, após testes de usuários, e gerou revolta e processos judiciais. A empresa foi acusada de falta de transparência e de forçar a troca de aparelhos antigos.

Cook disse que a alteração que foi inserida pela Apple teve o objetivo de evitar que os telefones desligassem abruptamente, a mesma explicação que a empresa havia dado quando o episódio surgiu. Isso porque, conforme a bateria de íons de lítio fica mais velha, perde sua potência, o que pode fazer com que falte energia e cause dano aparelhos, disse a Apple.

Segundo o CEO, não houve intenção alguma de forçar a troca de aparelhos, e a empresa pede “profundas desculpas” para quem pensou que esse era o objetivo. A Apple permitirá que a redução de velocidade automática seja desligada, mas não recomendará esse procedimento. Outra novidade serão ferramentas de monitoramento sobre o estado da bateria. A redução de velocidade atinge os modelos iPhone 6, 6S, SE e 7.

Publicidade

Em resposta à polêmica, a empresa reduziu até o fim deste ano o preço de substituição de baterias antigas. No Brasil, o valor passou de 449 reais para 149 reais.

Publicidade