Clique e assine a partir de 9,90/mês

Após encostar em 4,16 reais, dólar oscila com indefinição eleitoral

O mercado está cauteloso enquanto aguarda a próxima pesquisa eleitoral, que será divulgada pela Ibope nesta semana

Por Redação - Atualizado em 29 Aug 2018, 15h31 - Publicado em 29 Aug 2018, 13h11

Após encostar em 4,16 reais, o dólar passou a oscilar nesta quarta-feira. Às 13h, a moeda americana estava sendo negociada a 4,1244 reais, baixa de 0,41% na comparação com o dia anterior. A incerteza eleitoral no Brasil continua a dar a tônica da tensão no mercado financeiro.

Na mínima do dia, a moeda foi negociada a 4,1260 reais. Na véspera, o dólar subiu 1,44%, vendido a 4,14 reais. O valor de fechamento foi o maior em dois anos.

Entre os motivos que tensionam o mercado estão as pesquisas eleitorais que mostram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) liderando a corrida para a Presidência da República, bem à frente do segundo colocado, Jair Bolsonaro (PSL).

Candidatos que agradam ao mercado ainda não conseguiram deslanchar, como Geraldo Alckmin (PSDB). A campanha eleitoral presidencial de rádio e televisão terá início em 1º de setembro.

Publicidade