Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

BRF, dona da Sadia e Perdigão, anuncia férias para mais 2.000 pessoas

Empresa ajusta produção depois de a União Europeia proibir as importações de aves de 20 frigoríficos brasileiros

Por Redação
Atualizado em 20 abr 2018, 17h02 - Publicado em 20 abr 2018, 10h20

A BRF, dona da Sadia e Perdigão, maior processadora de alimentos do país, concederá férias coletivas para mais 2.000 trabalhadores. A decisão foi tomada após a União Europeia anunciar nesta quinta-feira a exclusão de 20 unidades de frigoríficos da lista dos que estão autorizados a exportar frango para o bloco comercial. De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), 12 plantas da relação pertencem à BRF. Juntas, as empresas representam cerca de 30% do total de frango exportado para a região.

Os funcionários fazem parte da linha de abate de frangos do frigorífico de Toledo (PR) e entram em férias a partir do dia 2 de julho. “A decisão considera a necessidade de adaptações no planejamento de produção, em decorrência de ajustes para atender à demanda atual, que foi impactada pela interrupção das exportações de aves da companhia para a União Europeia”, diz a nota da empresa.

A companhia já tinha anunciado férias coletivas para cerca de 8.200 funcionários das unidades produtivas de Rio Verde (GO), Carambeí (PR) e  Capinzal (SC) para ajuste de produção depois de decisão do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento de interromper temporariamente as vendas de produtos da BRF para a União Europeia. A medida foi adotada após desdobramento da Operação Carne Fraca, que investiga irregularidades na análise sanitária de produtos alimentícios.

Continua após a publicidade

Na quarta-feira, o ministério autorizou a retomada das exportações da empresa para aquela região, mas na quinta-feira a própria UE determinou a suspensão dos produtos de alguns frigoríficos brasileiros.

“Diante desta nova realidade, a BRF iniciará a revisão de seu planejamento de produção, que já considera o regime de férias coletivas em quatro de suas unidades: Capinzal (SC), Rio Verde (GO), Carambeí (PR) e Toledo (PR). Ainda é prematuro prever o impacto dessa revisão, dada a complexidade da cadeia produtiva na qual a BRF está inserida”, diz nota oficial divulgada pela companhia.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.