Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Ação da OGX termina a semana cotada a R$ 0,97

Papel da empresa de Eike caiu 7,62% no pregão de sexta e fecha no menor valor desde a abertura de capital da empresa

Por Da Redação
14 jun 2013, 18h43

As ações da empresa de petróleo de Eike Batista, a OGX, voltaram a cair nesta sexta-feira, depois que a agência de classificação de risco Fitch rebaixou o rating da empresa pela segunda vez no mês. O papel fechou negociado a 0,97 centavos de real, em queda de 7,62%. Trata-se da cotação de fechamento mais baixa desde a abertura de capital da empresa, em 2008.

O Ibovespa também fechou em queda de 1,54%, a 49.640 pontos, puxado pelas empresas X e também pela Petrobras, cujo papel preferencial caiu 2,66%, a 18,30 reais. As ações da estatal começaram a cair depois da divulgação de uma decisão judicial que proíbe a companhia de importar e exportar petróleo e derivados.

Entre as principais quedas estavam a MMX (perda de 7,64%, a 1,45 real) e LLX (queda de 4,76% a 1,20 real).

No pregão de quinta-feira, a ação da OGX também chegou a ser negociada a 0,97 centavos de real, ante incertezas de investidores sobre a capacidade da empresa de cumprir seu plano de negócios, mas subiu a 1,01 real antes do fechamento da bolsa. Não bastasse a desconfiança do mercado, que remonta a junho de 2012, o empresário Eike Batista vendeu parte de suas ações da empresa no início da semana. Na noite de quinta-feira, o bilionário teve de enviar um comunicado ao mercado assegurando que não tinha a intenção de vender mais ações da OGX. A participação de Eike era de 61,1% e passou a 58,9%.

As seis empresas do grupo EBX, de Eike Batista, que estão listadas na Bolsa de Valores somaram perdas de 16,6 bilhões de reais em valor de mercado em 2013, até o fechamento do pregão de quarta-feira. Trata-se de uma queda de 58,3% em apenas seis meses – em 31 de dezembro do ano passado, as companhias eram avaliadas em 28,5 bilhões de reais, segundo um levantamento da Economatica.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.