Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Real Estate

Por Renata Firpo
Grandes negócios e tendências do mercado imobiliário. Renata Firpo é publicitária, consultora imobiliária e advogada pós-graduada em Direito imobiliário
Continua após publicidade

Como o recorde de financiamento imobiliário vai movimentar o mercado

Caixa Econômica Federal lidera a oferta no país

Por Renata Firpo
Atualizado em 10 Maio 2024, 08h46 - Publicado em 5 out 2023, 16h08

Nem a enorme quantidade de microapartamentos, nem os empreendimentos de altíssimo luxo ou os condomínios clubes. Quem tem mesmo relevância e capacidade de mexer com o mercado é a capacidade de crédito imobiliário da Caixa Econômica Federal, que atingiu o impressionante número de 700 bilhões de reais. Com apresentou esse balanço atualizado foi a presidente do banco, Rita Serrano, durante a abertura da 6ª edição do Fórum Incorpora, uma realização da Associação Brasileira de Imobiliárias (Abrainc). O evento ocorreu no final do mês passado.

O financiamento de imóveis é uma realidade para o mercado brasileiro, com clientes já acostumados a parcelarem suas compras. De todas as instituições que dispõem de linhas robustas de financiamento de imóvel, a Caixa Econômica Federal lidera com uma grande margem, abocanhando quase 70% de participação nos financiamentos no Brasil. A Caixa sai na frente de outros bancos por sua capilaridade de atuação: é a única que consegue liberar crédito para diversas finalidades desde compra até a reforma do imóvel.

Suas taxas também são bem atrativas quando comparadas às dos outros bancos.  A Caixa permite ainda que o cliente financie 90% do valor do imóvel num prazo de até 35 anos (claro, isso depende da análise de crédito de cada pessoa).

Uma mudança na estrutura de financiamento da Caixa implantada no inicio deste  ano ajudou a instituição a atingir o marco de 700 bilhões de reais em crédito liberado para imóveis. O programa Minha Casa Minha Vida foi facilitado com ajustes de juros, aumento do subsídio e do valor máximo permito para a compra de um imóvel. Três faixas de renda podem se beneficiar do maior programa habitacional do mundo: até R$ 2.640,00 mensais, de R$ 2.640,01 a R$ 4.400,00 mensais e de R$ 4.400,01 a R$ 8.000 mensais.

Outra novidade em 2023 que impulsionou o programa Minha Casa Minha Vida foi o aumento no valor total do imóvel que, dependendo da renda mensal, pode ser de 190 mil ou 350 mil.

Continua após a publicidade

A Caixa Econômica Federal surfou nessas alterações, já que opera nas linhas de habitação popular e com recursos do FGTS, que não tiveram alterações em suas taxas, mas possibilitam, desde a alteração do programa, um valor maior a ser financiado.

Investir em imóveis do programa habitacional Minha Casa Minha Vida pode ser uma saída para quem busca se livrar do aluguel que está constantemente sendo valorizado, diante do déficit habitacional dos grandes centros urbanos no país.

Vale a pena entrar em contato com incorporadoras que operam nesse mercado, como a gigante MRV, bater um papo com o gerente do banco e quem sabe, não sair da conversa com um apartamento novinho?

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.