Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Econômico

Por Pedro Gil
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

TIM poderá ficar como minoritária em seu negócio de fibra ótica

A companhia está desde julho em busca de um sócio estratégico

Por Machado da Costa Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 4 jun 2024, 14h19 - Publicado em 20 jan 2021, 12h48

De acordo com pessoas que participam das negociações entre a TIM e interessados na recém-criada FiberCo, nascida da cisão do negócio de fibra ótica do grupo italiano no Brasil, a tele poderá ficar apenas com uma participação minoritária no negócio. Segundo este intermediário, a TIM deseja vender o controle da FiberCo — que abrigará toda a rede de fibra ótica, prestará serviços de infraestrutura e inclusive o serviço TIM Live — mantendo um percentual minoritário, pois serão usuários da empresa e assim conseguirão se proteger de eventuais decisões da futura gestão. A companhia está desde julho em busca deste sócio estratégico.

Questionada, a TIM enviou uma nota ao Radar Econômico, que você lê, abaixo, na íntegra.

A TIM Brasil esclarece que está desenvolvendo uma estratégia dupla de crescimento. A empresa visa crescer no segmento móvel e na banda larga fixa. Para tal, está participando da 
operação de compra dos ativos da rede móvel da Oi, cujo leilão foi realizado em 14 de dezembro último. Na ocasião, a empresa declarou que a aquisição será financiada pelo mercado de dívida local e de sua geração de caixa. Para o crescimento em fibra, a empresa está selecionando um parceiro que possa ter foco em um robusto e eficiente desenvolvimento da infraestrutura em fibra de última milha em diversas cidades no Brasil, em lógica FTTH (Fiber to the Home), tendo TIM Live como cliente âncora, mas com a possibilidade de desenvolver o negócio por meio de um modelo de rede aberta, também com a capacidade de adicionar à sua oferta a construção do backhauling, como “Fibra até a torre” e “Fibra até a cidade”, que são sinérgicos para a criação de valor e podem tornar ativos complementares para eventuais próximas tecnologias no Brasil, como o 5G. A empresa se dedicará  a serviços de infraestrutura, sem afetar os atuais clientes de fibra da TIM Brasil.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.