Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Doria pede ação de Barroso contra fake news bolsonaristas nas eleições

Em encontro com presidente do TSE, tucano pediu empenho no combate a notícias falsas em período eleitoral

Por Victor Irajá Atualizado em 7 jan 2022, 18h45 - Publicado em 7 jan 2022, 14h03

Em uma reunião com o atual presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luis Roberto Barroso, o governador de São Paulo, João Doria, fez um apelo por políticas de combate mais rígidas à disseminação de notícias falsas durante a campanha eleitoral deste ano. Doria ouviu do ministro a dificuldade de se engendrar medidas neste sentido, mas afirmou estar atento e coordenando as ações junto ao próximo presidente da Corte, o ministro Alexandre de Moraes. O pedido de Doria envolve um temor do núcleo duro da campanha do tucano, pré-candidato do PSDB à Presidência.

Segundo assessores próximos ao governador, ele será o principal alvo dos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT. Segundo eles, a leitura se baseia no fato de Doria ser o crítico mais “frequente e contundente” do atual governo — além da participação do governo de São Paulo na busca pela vacina. Em relação a Lula, Doria entende que o cenário mais confortável seria enfrentar o atual mandatário em um segundo turno. Por isso, aliás, tucanos afirmam que Lula poupa Bolsonaro de críticas.

Publicidade