Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Econômico Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Victor Irajá
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Como o comunicado do Banco Central pode reduzir o dólar

VEJA Mercado: "O teor do comunicado pode ter ajudado o real a se consolidar em patamares mais valorizados", escreve Ana Paula Vescovi

Por Diego Gimenes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 jun 2023, 17h55 - Publicado em 26 jun 2023, 13h06

O comunicado mais duro do Banco Central (BC) na última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) pode ter impacto direto nos preços do dólar. A autarquia reforçou que o processo de queda da inflação demanda paciência e serenidade, além de não ter deixado explícita a possibilidade de corte da taxa Selic a partir da próxima reunião do grupo, a ser realizada no mês de agosto. Alguns economistas entendem que a inflexibilidade do BC pode ter efeito na redução da cotação do dólar. “O teor do comunicado pode ter ajudado o real a se consolidar em patamares mais valorizados. As perspectivas de condições monetárias globais mais apertadas por um prazo mais longo aparentemente pesaram sobre os mercados acionários”, diz um relatório do Santander assinado por Ana Paula Vescovi, economista-chefe do banco. A leitura é que a tendência de juros mais altos por mais tempo pode ajudar a promover o carry trade. Por volta das 13h, o Ibovespa negociava em queda de 1%. Ainda assim, o dólar apresentava leve recuo de 0,2%, cotado a 4,769 reais.

Siga o Radar Econômico no Twitter

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.