Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Econômico Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Pedro Gil (interino)
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Acusado de golpes inspirado em filme de DiCaprio tem prisão revogada

Eduardo Omeltech Rodrigues foi alvo de operação que apurou o uso de empresas de fachada para aplicar fraudes que causaram prejuízos milionários às vítimas

Por Pedro Gil Atualizado em 9 Maio 2024, 12h02 - Publicado em 24 abr 2024, 16h34

Acusado de ser um dos líderes de uma organização criminosa que se inspirou no personagem de Leonardo DiCaprio no filme O Lobo de Wall Street para cometer golpes financeiros, Eduardo Omeltech Rodrigues teve prisão preventiva revogada nesta terça-feira, 23. Rodrigues estava em prisão preventiva desde o dia 28 de dezembro de 2023, após ser alvo de operação que apurou o uso de empresas de fachada e transações em criptomoedas para aplicar fraudes que causaram prejuízos milionários às vítimas. Ele é acusado de participar de crime que movimentou pelo menos 16 milhões de reais.

Recentemente, ele tinha sido encaminhado à sede da Superintendência da Polícia Federal, em Brasília, e transferido para o Complexo da Papuda, também na capital federal. “Ele responderá o processo em liberdade, sobretudo pelo excesso de prazo de encarceramento cautelar, bem como pelo longo lapso temporal até a presente data torna-se inviável as atividades reiteradas delitivas e também pela dificuldade de contato entre advogados e clientes”, diz o advogado Eduardo Maurício.

Omeltech é investigado pela participação na organização criminosa que usava uma empresa de fachada, registrada como agência de publicidade e marketing, que vendia investimentos na bolsa de valores através de agências fraudulentas de corretagem. De acordo com os investigadores, a empresa abordava as vítimas por meio de chamadas telefônicas, atraindo os potenciais clientes com ofertas de lucros vultosos.

Ainda segundo a investigação, a falsa operadora tinha call centers em quatro sedes e chegou a empregar centenas de brasileiros em Portugal, que eram treinados para fazer a captação de clientes. Um deles chegou a ter prejuízo de mais de 1 milhão de reais. “Ele tinha apenas celebrado um contrato de gestão e intermediação com a empresa Pineal Marketing, e adotou todas as práticas de compliance e KYC, não teria como adivinhar uma prática criminosa de uma terceira empresa internacional que prestava serviços, totalmente estruturada e limpa no mercado até então”, afirmou o advogado de defesa.

Omeltech foi preso em Lisboa em março do ano passado na operação batizada como Difusão Vermelha, que identificou um esquema com forte inspiração no filme O Lobo de Wall Street, no qual o protagonista interpretado por Leonardo DiCaprio enriquece com investimentos irregulares

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.