Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Econômico

Por Pedro Gil (interino)
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

A ofensiva de deputados do PT no TCU contra a privatização de aeroportos

Grupo pede um novo leilão de bloco de 11 aeroportos

Por Diego Gimenes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 14 Maio 2024, 00h21 - Publicado em 11 jul 2023, 10h57

O processo de privatização de 11 aeroportos pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) é questionado por 10 deputados do Partido dos Trabalhadores (PT) no Tribunal de Contas da União (TCU). O grupo aponta uma série de irregularidades que pode culminar na anulação da assinatura dos contratos. Os deputados afirmam que houve descumprimento de prazos legais e utilização de precatórios como meio de pagamentos — um mecanismo que seria juridicamente inviável e que resulta na não contribuição em dinheiro ao Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC). Além disso, alegam subterfúgio da AENA e da XP, vencedoras da concessão, e complacência da ANAC, que permitiram às empresas ganharem meses de prazo para obter financiamentos necessários e pagar a outorga tempos depois do prazo do edital.

“No mérito, pedimos o julgamento de procedência da representação com a consequente anulação da assinatura dos contratos de concessão, declaração de descumprimento do prazo de pagamento da outorga pela XP, pela ANEA e pela Novo Norte Aeroportos e determinação direcionada à ANAC para que seja promovido novo leilão do bloco SP/MS/PA/MG ou, ao menos, do Aeroporto de Congonhas”, finaliza a representação dos deputados.

Siga o Radar Econômico no Twitter

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.