Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Sem socorro, setor de transporte rodoviário prevê colapso em junho

Empresas de ônibus reclamam de falta de ação do governo federal ante os graves impactos econômicos trazidos pela pandemia ao setor

Por Robson Bonin 28 Maio 2020, 09h26

A Anatrip — respire fundo –, Associação Nacional das Empresas de Transporte Rodoviário Interestadual de Passageiros prevê que o sistema entrará em colapso em junho, por causa das restrições impostas pela pandemia de coronavírus.

As empresas de transporte reclamam da falta de auxílio financeiro do governo para socorrer suas operações. Fazem um paralelo com o tratamento dispensado pelo Planalto, que anunciou socorro ao setor aéreo, a entidade afirma as empresas de ônibus “continuam sofrendo os graves impactos econômicos trazidos pela pandemia, sem apoio nenhum financeiro”.

A entidade solicita uma linha de financiamento com juros subsidiados pelos próximos seis meses pelo BNDES e que poderia ser pago em até 72 meses. Reuniões foram realizadas com representantes do governo, mas não houve sinalização de socorro, diz a Anatrip.

Publicidade