Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Digitalização no governo: 15 servidores fazem o trabalho de 215

Só a expedição de Certificado Veterinário Internacional mobilizava uma tropa; pessoal agora foi remanejado para atividades mais importantes

Por Robson Bonin - Atualizado em 19 nov 2019, 12h19 - Publicado em 19 nov 2019, 11h19

A edição do Radar que está nas bancas mostra que o time de Paulo Uebel na Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital já digitalizou 450 serviços do governo.

Na prática, o governo disponibilizou na internet uma série de procedimentos que antes só eram feitos a partir do velho balcão da repartição. Só na área de expedição de Certificado Veterinário Internacional, por exemplo, atuavam 215 profissionais, sendo 194 veterinários.

Com a liberação do procedimento — utilizado para quem quer viajar com o animal de estimação — via internet, o setor reduziu a mão de obra a 15 servidores, sendo cinco dedicados diretamente e outros 10 que se envolvem em questões pontuais.

Os outros 200 foram liberados para serem aproveitados em outras atividades mais relevantes que o velho carimbo da burocracia papeleira.

Publicidade