Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Chega ao fim guerra judicial entre Heineken e distribuidora da Coca-Cola

The Coca-Cola Company, Sistema Coca-Cola Brasil e Grupo Heineken anunciam redesenho da parceria de distribuição no Brasil

Por Mariana Muniz Atualizado em 24 fev 2021, 18h33 - Publicado em 24 fev 2021, 18h25

Chegou ao fim a disputa judicial travada desde 2019 entre a Heineken e a distribuidora da Coca-Cola pelo portfólio de produtos no Brasil.

Em anúncio desta quarta-feira, The Coca-Cola Company, Sistema Coca-Cola Brasil e Grupo Heineken comunicaram que chegaram a um acordo para “redesenhar sua parceria de distribuição de longa data” no país.

Segundo o contrato, que deve entrar em vigor a partir da metade de deste ano, as partes iniciarão uma “suave transição” das marcas Heineken e Amstel para a rede de distribuição do Grupo Heineken no Brasil. A ideia é dar mais flexibilidade para os dois grupos.

O Sistema Coca-Cola continuará a oferecer Kaiser, Bavaria e Sol, e complementará este cardápio com a marca premium de cervejas Eisenbahn e outras marcas internacionais. 

Ainda como parte do redesenho da parceria de distribuição, o Sistema Coca-Cola Brasil poderá vender e distribuir outras cervejas e bebidas alcoólicas, até uma certa proporção do portfólio do Grupo Heineken, que também vai ter a “possibilidade de explorar outras oportunidades no segmento não alcóolico”.

O acordo terá um prazo inicial até 31 de dezembro de 2026, com possibilidade de renovação automática pelo período subsequente de cinco anos, observadas certas condições. 

Continua após a publicidade
Publicidade