Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Econômico Por Machado da Costa Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças.

Vacina de Oxford e Fiocruz será vendida para a China pela AstraZeneca

Laboratório fez parceria com empresa chinesa para produção e distribuição do imunizante

Por Machado da Costa - 14 out 2020, 18h48

Com ao menos três vacinas candidatas em grau elevado de desenvolvimento contra a Covid-19 — uma delas a Coronavac, criada juntamente com o Instituto Butantã, de São Paulo — a China acredita que não fará mal algum se garantir com algum produto privado. Com isso em mente, o laboratório Kangtai Bio fechou um acordo com a AstraZeneca para produzir e distribuir na China as vacinas que estão sendo desenvolvidas pelo laboratório, em parceria com a Universidade de Oxford e a Fiocruz, aqui no Brasil. A AstraZeneca busca produzir até 2 bilhões de doses da vacina até o fim de 2021. O laboratório já possui acordos selados com Estados Unidos (300 milhões de doses), União Europeia (300 milhões de doses), Reino Unido (100 milhões de doses) e Brasil (100 milhões de doses).

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade