Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

TCU pode suspender nomeação de militares a conselhos de estatais

Subprocurador geral reage ao fato de militares terem tido seus jetons reajustados

Por Josette Goulart 24 ago 2021, 17h39

O subprocurador-geral do Tribunal de Contas da União (TCU), Lucas Furtado, entrou com uma representação para que a presidente do tribunal suspenda novas nomeações de militares para conselhos administrativos de empresas estatais, bancos públicos ou entidades governamentais. O pedido foi feito por conta das notícias de que os militares tiveram um aumento em seus jetons, ou seja, os salários como conselheiros. Ao mesmo tempo, os civis tiveram uma redução dos valores recebidos. Furtado lembrou em seu pedido que o próprio TCU já fez um levantamento que mostra a tomada de militares em cargos públicos e da recente portaria do Ministério da Economia que permite que esses militares acumulem salários e recebam a aposentadoria, além dos proventos dos cargos que ocupam.

+Militar da Aeronáutica é o campeão dos jetons; veja a lista dos dez mais

 

Publicidade