Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Problemas do Uber com cancelamentos não são exclusividade do Brasil

No Reino Unido, usuários relatam os mesmos problemas

Por Josette Goulart 27 set 2021, 12h30

Nos últimos meses, foi crescente a quantidade de reclamações com cancelamentos e demora para se conseguir um Uber e 99 em diversas cidades brasileiras. Mas os problemas do Uber não se restringem ao Brasil. Reportagem do site CNBC mostra que cancelamentos e preços altos são um problema constante também em partes do Reino Unido, especialmente para quem usa o Uber  ou o Bolt (outro aplicativo de transporte) nas madrugadas e fim de semana. Por lá, o problema é a falta de motoristas. Segundo o Uber, a demanda está muito maior do que no período pré-pandemia e a oferta de carros não conseguiu acompanhar a procura. 

Depois da enxurrada de reclamações, no Brasil, o Uber tomou algumas medidas durante o mês de setembro para tentar amenizar o problema. Em meados de setembro, a empresa anunciou um reajuste nos valores repassados aos motoristas, já que a alta dos preços dos combustíveis foi apontada como um dos principais motivos para a queda da qualidade do serviço no país. Mas outro problema é que o aplicativo permite que o motorista saiba antecipadamente o destino da viagem e assim acaba tendo a opção de aceitá-la para na sequência rejeitá-la. Para tentar evitar que o número de cancelamentos prossiga elevado, a empresa também anunciou na sexta-feira que baniu 1.600 motoristas por “cancelamentos excessivos de viagens”.

Publicidade