Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Por que a China está ansiosa para apoiar o Talibã no Afeganistão?

Governo chinês se apressou em dizer que estava pronto para colaborar

Por Josette Goulart 17 ago 2021, 14h51

Poucas horas depois de o Talibã tomar conta de Cabul, um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês disse que o país estava pronto para uma “cooperação amigável com o Afeganistão”.  Mas por que a China se interessa tanto pelo país? A diretora de dívida de mercados emergentes da AllianceBernstein, Shamaila Khan, disse em entrevista ao site CNBC que a China pode estar de olho nos minerais raros que podem ser explorados no Afeganistão. Os chamados minerais denominados “Terras raras” que estão nas terras afegãs, agora nas mãos dos talibãs, podem valer entre 1 e 3 trilhões de dólares. São elementos como lantânio, cério, neodímio e veios de alumínio, ouro, prata, zinco, mercúrio e lítio. Esses minerais podem ser usados em tudo, desde eletrônicos a veículos elétricos, satélites e aeronaves.

Publicidade