Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

PEC dos Precatórios e balanço chinês iniciam semana no radar

VEJA Mercado: Suspensão de execução de emendas do relator por parte do STF e pacote trilionário nos EUA também pautam o mercado nesta segunda-feira

Por Victor Irajá Atualizado em 8 nov 2021, 09h15 - Publicado em 8 nov 2021, 09h02

VEJA Mercado | Abertura | 8 de novembro.

Depois de terminar a semana relutantes em relação à PEC dos Precatórios, os investidores voltam os olhos para a votação da proposta em segundo turno, marcada pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) para esta terça-feira 9 — mas a decisão de suspender a execução das chamadas emendas de relator por parte da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federa, promete dificultar a tramitação.

O mercado também promete repercutir a divulgação do O Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI), que calcula a variação de preço para o produtor. O índice oscilou positivamente em 1,6% em outubro. O Boletim Focus aumentou pela 33ª semana seguida a expectativa para o IPCA do ano. Segundo o Banco Central, a inflação ao final de 2021 será de 9,33% e o país deve registrar crescimento de 1% no ano que vem.

No cenário internacional, as atenções estão voltadas para a repercussão da divulgação dos números referentes à balança comercial chinesa. As exportações da China registraram expansão de 27,1% em outubro em relação ao mesmo mês no ano passado. Além dos resultados da China, o mercado também espera o impacto do pacote trilionário de impulso financeiro proposto pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, de 1,2 trilhão de dólares, e aprovado pelo Congresso americano. 

Continua após a publicidade

Publicidade