Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

No dia em que recebe medalha de Michelle, Pacheco mata MP das fake news

Presidente do Senado foi agraciado por Bolsonaro com prêmio por sua contribuição à comunicação social do país

Por Josette Goulart 14 set 2021, 21h39

A Medida Provisória editada pelo presidente Jair Bolsonaro às vésperas do 7 de Setembro, e que dava ao governo o poder de controle sobre as redes sociais e ainda proibia a derrubada de posts políticos, ideológicos, científicos mesmo que contivessem fake news, morreu de morte matada na noite desta terça-feira, 14. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, devolveu sumariamente a medida sem sequer permitir que ela tramitasse pelo Congresso Nacional por considerá-la inconstitucional. Por ironia, o senador recebeu nesta terça, diretamente das mãos da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, a medalha Marechal Rondon de Comunicações. A honraria, concedida pelo presidente Bolsonaro e o ministro das Comunicações, Fábio Faria, se destina a reconhecer instituições e pessoas que tenham contribuído no campo da política de telecomunicações e de radiodifusão, ou na comunicação social do país.

Mas mesmo que Pacheco não tivesse devolvido a MP, a ministra do Supremo Rosa Weber também decidiu suspender a MP em sua íntegra quase ao mesmo tempo em que Pacheco comunicava sua decisão de devolver a medida. 

https://twitter.com/rpsenador/status/1437893347214073856

Publicidade