Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças

Como o Zap saiu na frente do WhatsApp no Pix

Fintech com 1,2 milhão de clientes é a única autorizada pelo Banco Central a fazer Pix via WhatsApp

Por Josette Goulart 6 abr 2021, 14h27

Enquanto o WhatsApp negociava com o Banco Central para que os usuários pudessem começar a fazer pagamentos com cartão via mensagens, a fintech Conta Zap já pedia ao BC para fazer Pix via WhatsApp. E é assim que o Zap vai sair na frente do WhatsApp. A partir desta terça-feira, os clientes da fintech poderão fazer Pix via mensagem de WhatsApp, enquanto o próprio WhatsApp nem conseguiu ainda botar para funcionar o seu botão de compra e transferência de dinheiro, via cartão. O fundador da Conta Zap, Roberto Campos Marinho Filho, conta que os clientes da sua fintech já podiam movimentar suas contas pelo WhatsApp, ou outras mensagerias, mas faltava poder fazer o Pix. Marinho também se gaba do fato de que, por enquanto, sua empresa é a única a ter autorização do BC para fazer Pix via a empresa de mensagens. 

A Conta Zap nasceu em 2019 e já conquistou 1,2 milhão de clientes. A empresa, que se especializou em prestar serviços financeiros via mensagerias, aproveitou o sucesso do apelido dado pelos brasileiros ao WhatsApp e se apropriou do nome Zap, com registros da marca no Instituto Nacional de Propriedade Intelectual. Mais do que se apropriar do apelido, a fintech também aproveita para conquistar clientes na esteira do sucesso do WhatsApp no Brasil que hoje é usado por 80% dos brasileiros. 

Publicidade