Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças

Como o governo vai pagar R$ 600 bi de dívida que vencem no curto prazo

Guedes tem plano heterodoxo para desarmar a bomba fiscal que está para estourar no início do ano que vem

Por Machado da Costa 23 nov 2020, 17h25

Um dos pontos de maior preocupação na gestão da dívida pública são cerca de 600 bilhões de reais que vencem nos primeiros meses de 2021. Muitas sugestões chegaram ao governo, como emitir dívida externa, subir juros para rolar com prazo maior, entre outros. Paulo Guedes, ministro da Economia, quer adotar outra solução: pagar metade do montante.

Segundo Guedes, o governo vai utilizar 200 bilhões de reais que serão pagos pelo Banco Central ao Tesouro e outros 100 bilhões que serão recebidos pelo governo do BNDES e de outras estatais. Assim, restarão 300 bilhões de reais para serem rolados, o que será bem mais fácil.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade