Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Econômico Por Machado da Costa Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças.

Com nova holding, FreeCô espera faturar R$ 100 milhões no próximo ano

Marca aposta no lançamento de novos produtos e nas vendas no mercado internacional

Por Machado da Costa 20 nov 2020, 17h13

A empresa que lançou o FreeCô, aquele produto nascido em 2016 para combater o mau cheiro do número 2, está dobrando a aposta e criando um holding para gerir os novos lançamentos. Por causa do sucesso dos produtos FreeCô e da linha de lenços antissépticos Free Wipes — que durante a pandemia teve mais de 3.000% de aumento em vendas — a partir do dia 23 de novembro, a marca FreeBrands estreará no mercado.

Novas marcas vão estrear já no mês de dezembro: uma pomada para suavizar picadas de insetos; um spray bucal que age na contenção do mau hálito; e uma nova linha de dermocosméticos, que terá como porta de entrada um lip balm. “Estamos aproveitando a pandemia para acelerar tudo o que podemos no ambiente digital. A partir do ano que vem, passaremos a vender a versão internacional do FreeCô nos marketplaces da América Latina e dos Estados Unidos”, diz Adilson Batista, diretor de Marketing da FreeBrands. Para ano que vem, a expectativa de receita da FreeBrands é de 1oo milhões de reais.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade